Tv Planalto Ao Vivo

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Conquista: Suposta agressão ao “pastor” Edimar pode ser uma estratégia de defesa

Segundo o diretor do Presídio Nilton Gonçalves, Edimar não apresentou nenhuma lesão, após denunciar ter sido agredido.
Não há indícios que o “pastor” Edimar dos Santos Brito tenha sido agredido pelos seus comparsas e companheiros de cela no presídio Nilton Gonçalves.


De acordo com o diretor do Presídio, Alexsandro Oliveira (Alex Bombeiro), Edimar reclamou de agressões ao amanhecer, mas não apresentava nenhum tipo de lesão (grave ou leve).
Inclusive, o detento se recusou a realizar o exame de corpo de delito e durante a noite não acionou os Agentes Penitenciários. Depois ele teria dito que as agressões foram verbais. Ainda segundo Alex, para evitar contratempos, Edimar foi retirado da cela que dividia com Fábio e Adriano e agora compartilha o mesmo ambiente com um detento que responde por crime ambiental. Na tarde desta quinta-feira, 28, Edimar foi novamente interrogado pelo Delegado Neuberto Costa, na Delegacia de Homicídios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário