Tv Planalto Ao Vivo

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Bahia: Sequestradores de cabeleireira conquistense são condenados. Penas somam 94 anos

Três suspeitos, de terem participado do sequestro de Arlethe Silva Pathez, ainda são procurados pela polícia.
Nove pessoas envolvidas no sequestro da cabeleireira Arlethe Silva Patez (dir.) foram condenadas pela Justiça a 94 anos e quatro meses de prisão, na soma total das penas. Outros três suspeitos de envolvimento no crime ainda estão foragidos.
A cabeleireira era proprietária do salão de beleza e estava deixando o local, no Costa Azul, quando foi sequestrada. Ela ficou dez dias no cativeiro até ser resgatada. Segundo a assessoria da Polícia Civil, as condenações aconteceram na quinta-feira (3). Andresson Lopes Oliveira, o Gordo, foi condenado a 13 anos e seis meses de prisão. Ele é apontado pela polícia como o responsável por escolher a vítima, acompanhar a rotina da cabeleireira e manter a quadrilha informada. Gordo é marido de uma das funcionárias do salão de beleza de Arlethe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário