Tv Planalto Ao Vivo

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Mulher se recusa a entregar celular, morre com tiro na testa e população mata assaltante

Deisiane Gonçalves Monteiro de 25 anos, morreu com um tiro na testa após ter recusado entregar o celular a uma dupla de suspeitos na tarde da última quarta-feira (10), na rua Marginal, bairro São José 2, zona leste de Manaus.

Dupla foi assaltar uma mulher, mas os herois do povo deram um jeito neles
Testemunhas afirmaram que ela deixou a filha de 5 anos na escola quando foi abordada por Arlesson Pereira da Silva, de 27 anos. Ele exigiu o aparelho telefônico, mas Deisiane se recusou, sendo alvejada na cabeça logo em seguida.
Arlesson Pereira da Silva, de 27 anos, foi espancado e baleado com quatro tiros por um grupo de populares, que roubaram sua arma, ele foi socorrido para um hospital, mas morreu.
População se revolta e mata assaltante que assassinou mulher por causa de celular

Lorena participou do crime e foi agredida por populares. Ela acompanhava Arlesson, que também foi agredido, mas morreu.
Participava com ele no crime Lorena Souza da Silva, de 21 anos. Ela também foi agredida, mas escapou com vida e foi autuada em flagrante no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário